segunda-feira, 14 de julho de 2014

Isto não é um blog sobre futebol...

Nem tão pouco, sou cronista sobre temas esportivos. Mas preciso comentar sobre o assunto.

Difícil levar a sério uma imprensa que era só elogios até encontrar a primeira derrota. E que após 90 minutos (ou seis minutos) passam a julgar um grupo, que antes era recebido por comentários de "o campeão chegou", como a pior seleção brasileira de todos os tempos, os causadores do maior vexame que o país já enfrentou. Como se agora nenhum deles jogasse mais nada, todo o talento que tanto era elogiado por estes mesmos "jornalistas" evaporou-se no calor de Belo Horizonte. 

Difícil é ter que fazer o seu trabalho, carregando a pressão e o dever de ser campeão, como se todos os problemas de uma nação inteira e o futuro do país dependessem apenas deste título. Difícil é ter que fazer tudo isto sob os olhos e julgamento de todo o mundo, prontos para criticá-lo ao primeiro deslize, já que os acertos não passam de sua obrigação. Também não pode se emocionar, mas tão pouco pode demonstrar-se indiferente.

Fácil é ser torcedor e apoiar um time quando este está ganhando. Fácil é falar que tudo estava errado, que isto ou aquilo deveria ter sido feito, depois que tudo já aconteceu. Fácil é criticar o erro dos outros, como se nós mesmos não errássemos e como se isto não fizesse parte do aprendizado e da vida. Fácil é cobrar dos outros, aquilo que nós dificilmente conseguiríamos fazer  melhor.

Ninguém gosta de perder, ninguém esperava perder daquele jeito. Mas isto não desmerece todo o esforço e empenho desta equipe.

Eu acredito. Acredito NESTA seleção. E como brasileira, não desisto nunca.

0 comentários:

Postar um comentário