domingo, 15 de junho de 2014

Quando você menos espera...


... do nada, aparece uma borboleta na janela. Isto já seria o suficiente para alegrar o dia. Mas não era qualquer uma,  a pequena tinha asas transparentes. Já havia encontrado outras parecidas por duas vezes. Esta resolveu me acompanhar por todo o trajeto.

No fim, quando cheguei ao meu destino, ela ainda estava lá. Sentadinha na janela, observando a paisagem através do vidro. E eu admirando a vista através do vidro, através de suas asas. Após tirar uma foto da companheira de viagem, abri um pouco mais a janela para que pudesse voar, coloquei minha mão próxima a ela e não é que a borboletinha resolveu pousar e passear pela minha mão? Bendito celular que não funciona nessas horas! :(

Tentei tirar uma foto, mas o aparelho se recusou a funcionar justo nesse instante. Não tem problema, a cena vai ficar gravada para sempre na minha memória.

E lá foi ela, terminar o seu passeio.

0 comentários:

Postar um comentário